quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Projeto Internacional de Troca de Marcadores

Estão a ser preparados pelas turmas selecionadas os marcadores de livros que cada aluno fará para enviar a um colega de outro país.
imagem retirada de http://artesdalivia.blogspot.com
A ideia é da Associação Internacional de Bibliotecas Escolares (IASL), que estabelece a ponte entre as bibliotecas/escolas inscritas e permite que os alunos criem um laço com um colega de uma escola de qualquer região do mundo através da criação de um marcador. O gosto pela leitura e pela biblioteca escolar está no centro da iniciativa, mas pretende-se também que as crianças sejam despertas para outras realidades, descubram aspetos de outro país ou outra cultura.

Na EB1 da Venda, eis os países que calharam em sorte às turmas:
1º ano- Estados Unidos
2º ano- Índia
3º ano- Croácia
4º ano- Eslovénia.
Estamos muito entusiasmados por podermos viajar um pouco com um marcador de livro na mão!

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Descobrindo a mentira e a verdade com a poesia...

... Ou será ao contrário? Pois, hoje a turma do 2º/3ºB, com a professora Isabel Almeida, divertiu-se com alguns poemas que trocaram as voltas à realidade e às vezes viraram tudo ao contrário na biblioteca. 
Calma!... "Tudo ao contrário" é uma maneira de dizer e é precisamente um dos textos do livro de Luísa Ducla Soares, Poemas da Mentira e da Verdade, obra das metas curriculares para este ano de escolaridade que estivemos a explorar.
Depois de obervarem atentamente a capa e as informações dela constantes, os alunos relacionaram a ilustração da Ana Cristina Inácio com o título, tentando perceber o que se podia considerar "mentira" e "verdade". Depois, ouviram cinco frases sobre as características de um poema e tiveram de explicar se eram verdadeiras ou falsas.
Lemos alguns poemas do livro, atividade em que os alunos também participaram. Tinham de os ouvir atentamente para descobrirem se seriam poemas pertencentes ao grupo da "mentira" ou da "verdade". Na sequência do "Poema em p",  inventaram ainda versos cujas palavras começavam por "p".
No fim, cada aluno leu um verso do texto "Abecedário sem juízo", que a turma já conhecia, e levou o desafio de escrever em casa, por exemplo com um familiar, um poema semelhante. Vamos ver os belos e disparatados poemas que saem da imaginação dos nossos poetas. Verdade, verdadinha, vai ser fantástico!

sábado, 10 de novembro de 2018

A biblioteca na Feira de S. Martinho


Porque castanhas e livros são uma excelente combinação para os dias de outono, a biblioteca da EB1 da Venda do Pinheiro esteve ontem presente na habitual feira de S. Martinho com livros usados, vendidos a preços simbólicos e acessíveis a todos. 
A zona do recreio da escola onde foram montadas as variadas bancas de produtos esteve cheia de participantes e visitantes da comunidade, alguns dos quais até deram um pezinho de dança com o rancho folclórico da escola.  

Quem parava junto à banca da biblioteca levava também informações sobre a lenda do S. Martinho, sobre a história e o valor nutricional da castanha, provérbios e outras curiosidades.
Antigas ajudantes da biblioteca vieram visitar-nos e dar uma mãozinha à D. Historinha! Estiveram muito entusiasmadas a promover a leitura junto da comunidade e com o facto de estarem a ajudar a comprar novos títulos para os colegas mais novos. E os livros estiveram mais uma vez no centro de um momento bonito de partilha e união- quentes e bons, portanto, como se quer.

                                                                           

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Fotos da profª Ana Valente

Foi ontem, 6 de novembro, que teve lugar a cerimónia do hastear da bandeira Eco-escolas na EB1 da Venda do Pinheiro.
Movidas pela vontade de preservar a qualidade dos oceanos, as turmas fizeram o seu compromisso ambiental e cantaram o hino no pátio. A biblioteca escolar, claro, não quer deixar de lembrar que as histórias também podem ajudar a salvar os mares do planeta. É uma gota de água no oceano, sim, mas é assim que se forma um mar de boas ações!

Atividades de pesquisa e leitura

Têm sido muitas as atividades dirigidas às turmas, quer no âmbito de temáticas específicas trabalhadas em sala de aula, quer de leitura e exploração de obras recomendadas para os vários anos.
Fonte: https://www.portoeditora.pt
Depois de termos pesquisado e apresentado vídeos e livros com curiosidades sobre castelos medievais ao 3ºC, temos acompanhado a turma na leitura da obra "A cor das vogais", de Virgílio Alberto Vieira, que a professora Anabela Tibério preparou. 
Fonte:http://www.casadaleitura.org
A propósito do feriado do início de novembro, Dia de Todos os Santos, e do Dia de Finados, a turma 4ºE esteve com a professora Sandra Gomes a ouvir atentamente a história "Querida avó", de Birte Muller, um texto muito bonito sobre uma menina que tem saudades da avó e tenta saber para onde terá ido a sua alma. O livro serviu para falar de aspetos tristes para muitos meninos, para tentar entender noções um bocadinho difíceis como "alma" e "espírito", mas também para falar de afetos e descobrir como outros povos assinalam o dia dos finados e lidam com a questão da morte. 
Fonte: https://www.bertrand.pt


As turmas 1ºA, B e C, com as professoras Rute Valério, Cláudia Batista, Glória Barbosa e Cátia Almeida, vieram à biblioteca descobrir o segredo do livro de António Torrado, "Vamos contar um segredo...". Contou-se a história baixinho, porque, como alguns alunos disseram, um segredo é para se dizer dessa forma e só a algumas pessoas... A história do senhor pequenino que um dia sai do quadro para ir colher uma flor ao jardim deu asas à imaginação dos meninos e foi lançado um desafio: fazerem ilustrações de um dos momentos da história.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Dos alfabetos ao Zbiriguidófilo

A nossa BE contou com uma visita especial a semana passada. A bibliotecária Carla Rodrigues, da Biblioteca Municipal da Ericeira, orientou duas atividades distintas para os diferentes anos.
Para os 3º e 4º anos, desenvolveu o ateliê "À volta dos alfabetos", que nos deu a conhecer vários alfabetos (chinês, braille, língua gestual…) e a forma como diferentes povos e grupos comunicam entre si. As turmas 3ºC, 4º B e D estiveram bastante animadas a tentar descobrir títulos de livros e alguns alunos até escreveram o seu nome noutro alfabeto.
Recebeu também todas as turmas de 1º e 2º anos para contar a história do Zbiriguidófilo, escrita por Pitum Keil do Amaral. Foi uma contadora fantástica, que despertou a enorme curiosidade dos pequenos ouvintes, ansiosos por saber que personagem é esta. Não se ficou a saber bem, mas já estão em campo a desenhar o seu  Zbiriguidófilo... É desta que vamos ver como ele é! No final de cada sessão, a Carla pediu que se lembrassem de uma das suas histórias preferidas e que escolhessem o(a) melhor contador(a) que conhecem. Depois vão recolher a história junto da família e trazê-la para a escola. 


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Painel MIBE

O painel construído com os alunos à entrada da biblioteca e que assinala o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares (outubro) está repleto de ideias bem giras.

Os alunos que vêm à biblioteca nos intervalos e horas de almoço foram completando as ideias lançadas: "A biblioteca é..." ou "Ler é...". Estão também em destaque as mensagens da diretora do AE, profª Filipa Carvalho, e da Comissária do Plano Nacional de Leitura, Drª Teresa Calçada, a propósito do Dia Internacional das Bibliotecas (22 de outubro).