quarta-feira, 13 de julho de 2022

Entre tanto...


Estamos no remate de mais um ano, marcado ainda pelas contingências da pandemia, mas também pelo tanto que se foi fazendo em conjunto e de aqui fomos dando uma breve ideia...

Equipa do Projeto VivenciArte:
ed. Sara, Susana, prof. bibl. Rosário, ed.
 Mariana e (ainda que não na foto) Eugénia

As atividades finais do ano letivo celebraram isso mesmo- o concluir do trabalho de continuidade, mostrado enfim à comunidade nas festas de final de ano na EB1 e no JI da Venda do Pinheiro. A D. Historinha lá esteve, quer a apoiar os bastidores, preparando os nossos apresentadores para o palco da EB1 (e que bem que estiveram os nossos meninos!) quer a apreciar as criações finais das crianças com as famílias no JI (que, a culminar um ano dedicado às artes, construíram em conjunto um painel à Kandinsky). 

Vejam, aliás, o trabalho final de articulação no JI sobre este pintor, no genially sobre o nosso projeto de artes:

https://view.genial.ly/61a555d6b2876c0e0a0712cb/presentation-vivenciarte

Agora é tempo de arrumar a casa, fazer balanços e reflexões, preparar o espaço, o fundo documental, o próximo ano... E, também, de desejar a todos umas merecidas férias, em segurança e com um livro sempre à mão! Até já!



quarta-feira, 22 de junho de 2022

O Abecedário do 3.ºA

Aquando do estudo da obra de Luísa Ducla Soares, que a biblioteca trabalhou colaborativamente em sala de aula com as turmas de 3.º ano, tínhamos lançado um desafio... De Poemas da mentira e da verdade vimos, entre outros, um divertido texto, e também a versão musical que dele fez o cantor Daniel Completo. 

foto: profª Hermínia Cabaço

A turma 3.ºA, com a professora Hermínia Cabaço, agarrou a ideia, andou num processo bem criativo sobre o alfabeto e expôs agora, à porta da sala, o seu Abecedário sem Juízo. É de ver, meninos, pois isto das letras e dos sons também pode ser bem divertido!


Sua Majestade, a Cor!

Continuamos em articulação com o JI da Venda do Pinheiro no âmbito do projeto VivenciArte. A protagonista das últimas sessões foi uma rainha com uns súbditos muito coloridos. A rainha das cores, de Jutta Bauer, que alguns dos meninos já conhecem do ano letivo passado, levou-nos à cor, às suas transformações e misturas, ao movimento de traços, padrões, mas também a emoções e sentimentos que lhes podem ser associados.
fotos: educadora Susana Rocha

As salas Amarela, Azul, Encarnada e Verde, cujas cores aparecem em grande plano nesta obra maravilhosa da escritora alemã, mais uma vez criaram belíssimos trabalhos a partir da exploração da obra. As educadoras Mariana, Sara, Eugénia e Susana orientaram e acompanharam as ideias maravilhosas dos seus artistas. 

Mais uma vez, podem apreciar os dotes dos nossos meninos aqui: https://view.genial.ly/61a555d6b2876c0e0a0712cb/presentation-vivenciarte


sexta-feira, 3 de junho de 2022

Lobos, borboletas e outros bizarrocos

O projeto de leitura (AppLer) que desenvolvemos na biblioteca junto de alunos das turmas de 2.º ano (parceria com o apoio educativo de língua portuguesa) levou-nos nas últimas sessões a dois livros, para leitura individual e orientada. 

Os lobos que vieram para o jantar, de Steve Smallman, permitiu alguns exercícios de leitura expressiva e de compreensão de texto, bem como falarmos um bocadinho de amizade. 

A professora Isabel Almeida, do 2.ºD, pediu à profª Ana Valente que, na biblioteca, se fizesse a atividade "10 minutos a ler" com toda a turma. Um caçador de borboletas fez com que a leitura de um excerto de Estranhões e Bizarrocos, de José Eduardo Agualusa, nos levasse a borboletear por vários assuntos e, depois, com os alunos do projeto de leitura, a explorar mais sobre o mundo destes insetos- e o mundo das palavras, claro.



quinta-feira, 2 de junho de 2022

Peneiras na biblioteca

 A profª Anabela Tibério, do 2.ºC, pediu à biblioteca se podíamos contar a muito antiga "História das três peneiras" à turma. Conhecem o conto?...

fotos: profª Anabela Tibério

... Quando se quer muito dizer alguma coisa a alguém (ou sobre alguém), há que peneirar primeiro o sentido da informação. Com as peneiras da Verdade, da Bondade e da Necessidade, fica-se a saber se é verdadeiro o que se vai contar, se vai ajudar alguém e se, afinal, há mesmo necessidade de o contarmos. Já se vê, a questão era tratar de alguns valores e mostrar aos alunos que, mais importante que dizer alguma coisa, ou do diz-que-disse, é ver em que medida isso é realmente importante.

A docente Ana Valente, da equipa da BE, e a professora bibliotecária fizeram então uma pequena dramatização do conto, e a peneira usada para as crianças perceberem o que é e para que serve andou de mão em mão, e (como se concluiu pelo pequeno debate que fizemos depois) de consciência em consciência... 


sábado, 21 de maio de 2022

Celebrar a Arte no JI da Venda do Pinheiro

Nesta semana, em que se comemorou o Dia Internacional dos Museus, o Jardim de Infância (JI) da Venda do Pinheiro e a biblioteca escolar (BE) abriram portas ao seu próprio "museu" virtual- VivenciArte.

O título remete para o projeto anual do JI, dedicado à Arte, e centra-se na parte desenvolvida em articulação com a BE, que tem lançado desafios e propostas a propósito de obras lidas e exploradas nas quatro salas.

O resultado conjunto desses desafios, bem como outros materiais e recursos relacionados com a temática (filmes, música, pintores, museus...) pode ser visto num recurso digital interativo que a BE criou. VivenciArte é assim um repositório das etapas deste processo colaborativo, com destaque para as criações das crianças, orientadas pelas educadoras Eugénia Assunção, Mariana Ferreira, Sara Janeiro e Susana Rocha (também coordenadora deste estabelecimento). Além dos trabalhos realizados em sala, esta ferramenta digital dá ainda conta dos que foram feitos com a participação das famílias.

O site está em construção até ao final do ano letivo, e este será o nosso museu, para podermos mostrar e recordar o que fomos fazendo em conjunto sob a influência inspiradora da(s) arte(s).

A entrada é livre- façam favor de entrar! 


sexta-feira, 20 de maio de 2022

Uma mala de valor(es)

A biblioteca escolar da EB1 da Venda, através da professora Isabel Invêncio, tem feito sessões de leitura do livro A mala, de Chris Naylor-Ballesteros.

Nesta obra, quando um estranho animal aparece, só com uma mala, provoca a curiosidade mas também a desconfiança dos outros. Quem será? Por que razão estará aqui e de onde terá vindo? Que está dentro da mala?... são algumas das questões que colocam. Uma história muito simples que leva à descoberta do outro, à compreensão do seu mundo e à sua aceitação. 

A professora Isabel construiu um cenário inspirado no livro, para que as crianças possam também imaginar, a partir dos objetos, o universo da história, e no final tem conversado com os alunos. Entre o espanto, a diversão, a atenção, temos assistido a uma importante reflexão orientada pelas questões que a docente vai levantando. 

Além das turmas de 1.º ano, como inicialmente previsto, estendemos a atividade ao 2.º ano e a uma turma de 3.º, já que acolhemos recentemente novos alunos em turmas destes anos. De resto, a biblioteca escolar tem procurado, com os seus recursos e dinâmicas, integrar estas crianças na escola, e a profª Isabel Invêncio tem dirigido também, em pequeno grupo, momentos informais de apoio à aprendizagem da língua portuguesa.